FORTE
O burnout digital é um fenômeno que está cada vez mais presente em nossa sociedade altamente conectada e digitalizada. Ele ocorre quando nos deparamos com uma sobrecarga de informações e sentimos a necessidade constante de estar on-line, resultando em consequências negativas para nossa saúde mental e bem-estar.

O burnout digital é um fenômeno que está cada vez mais presente em nossa sociedade altamente conectada e digitalizada. Ele ocorre quando nos deparamos com uma sobrecarga de informações e sentimos a necessidade constante de estar on-line, resultando em consequências negativas para nossa saúde mental e bem-estar.

Os sintomas podem incluir altos níveis de estresse, esgotamento emocional e uma diminuição na nossa produtividade. É importante reconhecer que o uso excessivo e desequilibrado da tecnologia pode levar a uma sensação de exaustão, semelhante ao burnout tradicional.

Portanto, é essencial estabelecer limites saudáveis no uso da tecnologia e encontrar maneiras de equilibrar nossa conectividade digital com momentos de desconexão e autocuidado.

A Importância da Saúde Ocupacional na Prevenção do Absenteísmo por Burnout Digital

Os desafios da digitalização no trabalho remoto e o papel da Saúde Ocupacional:

Com os avanços tecnológicos e a digitalização do trabalho em home office, temos experimentado benefícios significativos no mundo profissional. No entanto, essas mudanças também trazem desafios para a saúde e bem-estar dos trabalhadores.

Um desses desafios é o burnout digital, que ocorre quando o uso excessivo da tecnologia leva ao esgotamento físico e emocional. Isso pode resultar em absenteísmo, ou seja, o afastamento dos colaboradores devido a problemas de saúde.

Nesse contexto, a Medicina Ocupacional desempenha um papel essencial na prevenção desse problema. Exploraremos aqui o conceito desse distúrbio emocional, sua relação com o absenteísmo e como a Saúde Ocupacional pode contribuir para evitar o afastamento dos colaboradores, além de promover o bem-estar no ambiente de trabalho.

Entendendo o Burnout no Contexto Digital: Impactos do Novo Formato de Trabalho

O Burnout é uma condição que pode surgir após a exposição a situações de trabalho desgastantes, muitas vezes relacionadas a cargos com alta responsabilidade ou ambientes competitivos.

A partir de 1.º de janeiro de 2022, a Síndrome de Burnout foi oficialmente reconhecida como um tipo de estresse crônico no trabalho que não foi adequadamente gerenciado, de acordo com a nova classificação CID-11 da Organização Mundial da Saúde (OMS). Anteriormente, o Burnout era considerado um problema de saúde mental e um distúrbio psiquiátrico.

Com a chegada da pandemia de COVID-19, houve um aumento significativo desse distúrbio. Esse estado de exaustão é resultado de uma sobrecarga de informações, da necessidade constante de estar conectado on-line e da dificuldade em estabelecer limites saudáveis no uso da tecnologia. Essa condição pode levar a altos níveis de estresse, esgotamento emocional e redução da produtividade.

homem cansado cochilando na mesa de trabalho

O que é Absenteísmo?

O famoso absenteísmo é quando os funcionários faltam sem planejamento ou justificativa. Pode ser por motivos de saúde, acidentes, questões pessoais ou até mesmo falta de motivação ou insatisfação no trabalho.

O problema é que isso impacta para valer as empresas. A produtividade vai lá embaixo, os prazos ficam comprometidos e a qualidade do trabalho pode cair. Sem contar que gera custos extras, como contratar temporários, pagar horas extras ou ter uma equipe menos eficiente.

Por isso, é importante que as empresas encarem de frente o absenteísmo, investindo em medidas que promovam a saúde e o bem-estar dos funcionários. Flexibilidade no horário, apoio emocional e incentivos para melhorar a motivação e o engajamento são algumas das ações que podem ajudar nessa tarefa.

Consequências indesejáveis do absenteísmo e do Burnout Digital.

Os efeitos negativos do absenteísmo e do burnout digital são bem negativos mesmo, tanto para a empresa do lado financeiro quanto para os colaboradores. Vamos ver alguns deles:

Com isso, os impactos dessa ausência e esgotamento são diversos, sendo eles:

  • Acaba rolando um acúmulo de tarefas, deixando todo mundo sobrecarregado.
  • O ambiente de trabalho pode ficar pesado e até hostil.
  • Os processos ficam mais lentos e a produtividade cai.
  • Processos mais lentos.
  • A cultura e os valores da empresa podem ser questionados pelos funcionários.
  • Ninguém se sente confortável quando os colegas estão sempre faltando ou esgotados.
  • A competição entre os colegas ficará mais acirrada, com cobranças exageradas por resultados.
  • O nível de responsabilidade exigido fica muito alto.
  • A produção cai, o que afeta os lucros da empresa.
  • Queda nos lucros.
  • A rotatividade de funcionários (turnover) aumenta, o que gera mais custos.

As finanças da empresa podem ficar seriamente comprometidas.

É por isso que é importante identificar o tipo de absenteísmo que está rolando e tomar medidas para evitar essas consequências. Afinal, uma cultura de empresa saudável é essencial para o bem-estar de todos.

Como podemos cuidar dos nossos colaboradores?

Vamos dar um jeito de proteger nossos colegas do burnout digital e evitar que eles enfrentem problemas de saúde mental e fiquem exaustos. Olha só algumas medidas que as empresas podem tomar. Aqui estão cinco medidas importantes:

  • Treinamentos e Workshops: promover a conscientização sobre o burnout digital e seus efeitos negativos. Oferecer treinamentos e workshops para ajudar a identificar os sinais do burnout digital e dar dicas de como lidar com o estresse e estabelecer limites saudáveis.
  • Incentivo ao descanso: motivar os colaboradores a fazerem pausas regulares durante o dia de trabalho. É importante desconectar um pouco, seja com exercícios de respiração, relaxamento. Essas pausas ajudam a reduzir o estresse e melhoram o bem-estar.
  • Políticas claras: estabelecer políticas sobre o uso da tecnologia na empresa. Definir horários para checar e-mails fora do expediente, limitar o uso de dispositivos eletrônicos durante os momentos de descanso e valorizar a importância de se desconectar após o horário de jornada.
  • Bem-estar em foco: promover atividades de bem-estar para os colaboradores, como sessões de meditação, ioga ou outras práticas de relaxamento.
  • Cultura saudável: criar uma cultura organizacional que valorize o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal. Evitar sobrecarga de tarefas e valorizar a saúde mental no ambiente de trabalho.

Quando as empresas adotam essas medidas, mostram um cuidado real com o bem-estar dos colaboradores, evitando o burnout digital e, consequentemente, o absenteísmo. Cuidar da saúde mental dos funcionários não só traz benefícios individuais, mas também impacta positivamente na produtividade, no engajamento e no sucesso geral da organização e de todos os colaboradores.

Medicina Ocupacional e Segurança do Trabalho nessa parada!

Segurança do trabalho e Medicina Ocupacional na área! Essas áreas também têm um papel importante na prevenção do burnout digital. Elas mostrando o caminho com orientações e suporte para reduzir os riscos do uso excessivo da tecnologia no trabalho.

analisa o uso dos dispositivos eletrônicos. Ela avalia se as estações de trabalho estão ajustadas corretamente, como a altura dos monitores, teclados e cadeiras. Tudo isso é pra prevenir lesões e desconfortos causados pelo uso prolongado da tecnologia.

Descanso adequado: Bora falar sobre a importância do descanso e de uma boa noite de sono para a saúde mental dos colaboradores. A ideia é conscientizar todo mundo sobre a necessidade de desconectar dos dispositivos eletrônicos antes de dormir, criar ambientes tranquilos para o descanso e fornecer dicas e truques para melhorar a qualidade do sono. Vamos dormir bem e acordar cheios de disposição.

Cuidado com você mesmo: Vamos dar uma força na implementação de programas de autocuidado no trabalho. Isso inclui promover hábitos saudáveis, como fazer exercícios regularmente, comer de forma equilibrada e praticar técnicas de relaxamento. A ideia é fortalecer a saúde mental e diminuir o estresse causado pelo uso da tecnologia. Cuide-se bem, colega!

De olho no estresse: Vamos ficar atentos aos sinais de estresse intenso e dar um apoio personalizado. Isso pode envolver sessões de aconselhamento, encaminhamento para profissionais de saúde mental ou até mesmo criar grupos de apoio para colaboradores que estão enfrentando desafios com o burnout digital. Vamos nos ajudar e enfrentar isso juntos.

Tchau estresse: Vamos oferecer umas técnicas e estratégias muito boas pra lidar com o estresse do uso da tecnologia. Tem sessões de relaxamento, práticas de mindfulness, exercícios físicos e outras atividades que vão promover o bem-estar mental e emocional. Bora se cuidar e mandar o estresse para tão tão distante!

A Paromed Digital pode te ajudar!

Nossa equipe está preparada para cuidar da saúde e bem-estar dos seus colaboradores. Quer saber mais? Entre em contato e vamos conversar sobre como podemos te ajudar. Bora garantir um ambiente de trabalho excelente? Estamos aqui para isso!

Últimas notícias

O conceito de gestão da mudança tem raízes que remontam ao início da primeira metade do século XX, mas sua consolidação e popularização ocorreram ao longo de décadas, marcadas por contribuições significativas de teóricos e estudiosos.
Liderança é um fenômeno complexo e multifacetado que envolve a habilidade de influenciar e inspirar outros na consecução de objetivos comuns.
A economia compartilhada tem se destacado como uma nova forma de consumo, impulsionada pelo avanço das plataformas digitais e pela mudança de paradigmas em relação à posse de bens e serviços. Para os empreendedores, essa modalidade econômica apresenta oportunidades e desafios únicos, especialmente no que diz respeito à gestão contábil.
Ver mais

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão nossos principais posts diretamente em seu e-mail